Melhor altura para visitar Mongólia

Xamanismo, Mongólia

Os xamãs profissionais vão ligar-vos aos espíritos, mas ouçam com atenção, porque talvez os vossos antepassados estejam a tentar dizer-vos algo.

Melhor altura: Junho 20–Junho 22

Xamanismo
Xamanismo
Xamanismo
Xamanismo
Xamanismo

O xamanismo, também conhecido como Tengerismo, é algo de que as pessoas costumam ouvir falar, mas muito poucos o experimentaram. Na verdade, esta é uma espécie de crença espiritual proveniente da Idade da Pedra e do Bronze e ainda existe nas estepas da Eurásia, em particular, na Mongólia. Desde aqueles tempos antigos, pastores e caçadores têm estado adorando a Mãe Terra referindo-se a ela como Etugan, e o Céu Eterno — a saber, Munkh Tenger, juntamente com outros espíritos da natureza e seus antepassados. Um xamã é aquele que faz a conexão espiritual, aquele que estabelece a porta de entrada para a vida após a morte, e permite que você interaja com os espíritos através da meditação. Uma sessão tradicional de xamã consiste em 8 rituais musicais e de dança. Na Mongólia, existem várias regiões que praticam amplamente o xamanismo mesmo depois de 70 anos de repressão comunista. Estes envolvem tribos do norte como Tsaatans, Darkhads, e Hotgoit; também as tribos Hamnigan e Buryat do nordeste, Urianhais do oeste da Mongólia, e os mongóis Halh. Na verdade, o xamanismo está agora a reviver depois de um declínio duradouro, e o melhor momento para meditar com xamãs é o solstício de verão ou a celebração de Ulaan Tergel que atrai xamãs locais, bem como outros fro m longe. Geralmente esta celebração ocorre entre 20 de junho e 22 de junho.

Informação prática

Quando é a ocasião ideal para encontrar o xamanismo na Mongólia?

É possível experimentar o xamanismo na Mongólia durante a celebração Ulaan Tergel ou solstício de verão. O festival de três dias geralmente ocorre entre 20 e 22 de junho, apresentando xamãs locais e de outras regiões. As festividades homenageiam os antepassados e conectam as pessoas com a natureza por meio de música, dança ritualística e meditação. Mostrar mais

Quais áreas na Mongólia oferecem experiência xamanística?

A Mongólia tem xamanismo difundido, com áreas que oferecem experiências ritualísticas. Tribos como Hamnigan, Buryat, Urianhais e Halh Mongols oferecem experiências únicas. Tsaatans, Darkhads e Hotgoit, no norte da Mongólia, também abrem portais para o alcance espiritual. A tradição está sendo revivida após muitos anos de supressão durante o regime comunista. Mostrar mais

O que torna a celebração Ulaan Tergel significativa para o xamanismo?

A celebração Ulaan Tergel permite que as pessoas se conectem com seus antepassados e a natureza por meio de rituais espirituais, ganhando poder sobre o universo. O festival de três dias ocorre durante o solstício de verão, com o sol em seu zênite. As atividades incluem meditação, dança e música lideradas por xamãs, que convidam os participantes a sintonizarem com os espíritos e a receberem conselhos. Mostrar mais

Qual é a duração média das sessões de xamã tradicional?

As sessões de xamãs costumeiras podem durar várias horas e geralmente incluem oito rituais ricos em música e dança. O tempo pode variar dependendo do xamã. Os xamãs estabelecem uma conexão com os espíritos e entram em estados de transe. Os participantes seguem o exemplo, meditam e tentam se conectar com seus antepassados, recebendo orientações no processo. Mostrar mais

Além de Tsaatans, Darkhads e Hotgoit, quais outras tribos na Mongólia praticam o xamanismo?

Várias outras tribos mongóis praticam o xamanismo além de Tsaatans, Darkhads e Hotgoit. Hamnigan, Buryat, Urianhais e Halh Mongols oferecem uma oportunidade de experimentar práticas espirituais que são reverenciadas desde as eras da pedra e do bronze. A prática prosperou há séculos, mas foi reprimida por mais de 70 anos durante o regime comunista no país. Mostrar mais

Faça uma pergunta

Encontre hotéis e airbnbs perto de Xamanismo (mapa)

Ultima atualização: de Eleonora Provozin